Newsletter
Notícias

Site reúne oportunidades de trabalho em propriedades rurais capixabas

20/05/2020

Para facilitar a contratação no campo, um banco de oportunidades destinado a todas as atividades agrícolas do Estado foi lançado neste mês. A plataforma permite que o cadastramento de vagas de emprego e de currículos seja feito gratuitamente por empregadores e trabalhadores rurais. A iniciativa é da Federação da Agricultura e Pecuária do Espírito Santo (Faes), do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Estado (Senar-ES) e dos Sindicatos Rurais, em parceria com o Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB/ES).

Na prática, as oportunidades podem ser divulgadas no portal por pessoas físicas e jurídicas. As cooperativas capixabas, por exemplo, já iniciaram o cadastramento de vagas. Inicialmente, os trabalhadores rurais devem fazer a inscrição na plataforma e, assim, conseguem verificar as vagas de trabalho disponíveis. Dessa forma, os empregadores têm acesso aos currículos cadastrados e podem entrar em contato com os profissionais e começar o processo de contratação.

De acordo com o presidente da Faes, Júlio Rocha, a iniciativa auxilia na empregabilidade de produtores capixabas e interfere positivamente na economia. "Tradicionalmente, o Espírito Santo recebe grande parte de trabalhadores de outros estados e não se tinha, até o momento, um cadastro adequado para identificar mão de obra local. Com o banco, quem procurar mão de obra sazonal e emergente encontrará com facilidade os trabalhadores. As oportunidades são voltadas para quem é do Estado, gerando mais segurança e fazendo o capital girar", aponta.

A superintendente do Senar-ES, Letícia Simões, indica que o banco ajuda principalmente no atual cenário de desemprego, que está ligado à pandemia. "Neste momento, vemos demissões em massa no Espírito Santo. Sendo assim, criamos o banco de oportunidades para divulgar novas vagas de trabalho que estão surgindo no campo. É importante oferecer sempre mais soluções para as famílias rurais capixabas que produzem arduamente o alimento no dia a dia", observa.

Considerando que este período do ano é marcado pela colheita do café conilon no Estado, Carlos André Santos de Oliveira, superintendente do Sistema OCB/ES, acredita que o banco de oportunidades filtrará profissionais locais que precisam de emprego para essa atividade. “Com essa parceria entre o Sistema Faes, Senar, Sindicatos Rurais e Sistema OCB/ES, as cooperativas de café poderão contratar profissionais daqui e fazer girar a economia local, sendo também mais uma forma de prestação de serviço em benefício dos seus cooperados", ressalta.

Segundo Fabrício Gobbo, coordenador de formação profissional do Senar-ES, no meio rural, existem oportunidades de trabalhos sazonais, como é o caso do café, e sempre há oportunidades fixas em áreas como pecuária e diversas outras ocupações. “O banco de oportunidades abre uma janela de contratações para quem precisa de emprego e para quem tem a necessidade de contratar. Gera emprego e renda nas regiões onde estão inseridos trabalhadores e empregadores”, explica.

Gobbo explica ainda que a ideia de criar esse banco já estava no radar da presidência da Faes e dos presidentes dos sindicatos rurais há algum tempo e, finalmente, foi concretizada. “Observamos que é mais comum a apresentação de oportunidades de emprego voltadas para as áreas urbanas. Precisávamos contar com um sistema de cadastramento de pessoas com disponibilidade para trabalhar no agronegócio.”

Ao longo do ano, para ajudar as pessoas que buscam oportunidade de trabalhar no campo, a Faes e o Senar promovem capacitações profissionais variadas para os produtores rurais. As oportunidades de aperfeiçoamento são divulgadas no site. “O Senar continuará dando essas formações para o público que deseja estar inserido no processo produtivo rural”, finaliza Gobbo.

SERVIÇO:

Banco de Oportunidades

Acesse o site: http://www.oportunidades.senar-es.org.br/

Mais informações: (27) 3185-9226

Gazeta Online