Newsletter
Notícias

Câmara de Vereadores de Florianópolis cria Frente Parlamentar do Cooperativismo

10/03/2020

Na semana que passou o cooperativismo de Florianópolis conquistou mais uma instituição para defender o sistema. Por iniciativa do vereador Domingos Zancanaro, que é engenheiro agrônomo, foi constituída na Câmara Municipal a Frente Parlamentar do Cooperativismo de Florianópolis. É a primeira Frente em Câmara de Vereadores no estado de Santa Catarina.

A Ocesc e a Fecoagro estão estimulando essa nova instituição, pois entendem que Florianópolis por ser a capital do estado, pode ser a propagadora para que outras Câmaras de Vereadores também criem suas Frentes para defender e divulgar politicamente o cooperativismo.

Já existem as Frentes Parlamentares na Assembleia Legislativa, no Congresso Nacional e em diversas Câmaras municipais pelo país, mas em Santa Catarina é a primeira iniciativa.

A instalação oficial da Frente, com a presença de lideranças do cooperativismo estadual, deverá ser agendada pela Ocesc em evento com data a ser marcada. O vereador Domingos Zancanaro agora busca maior adesões de vereadores para participarem da Frente.

No seu pronunciamento de justificativa de criação da Frente, na Câmara de Vereadores, o parlamentar lembrou que em Florianópolis temos 26 cooperativas dos ramos agropecuário, crédito, infraestrutura, trabalho e transportes.

O maior número de associados, em Florianópolis, pertence às cooperativas de crédito, com 105 mil cooperados. As cooperativas de crédito e de saúde são as mais expressivas no município, mas os demais ramos também estão presentes com a sede das suas representações centrais e setoriais. Florianópolis sedia, por exemplo, a Federação das Cooperativas Agropecuárias de Santa Catarina (Fecoagro), o Sicoob Central SC/RS, maior sistema de cooperativas de crédito no Estado, a Unimed que tem presença marcante no ramo da saúde, a Unicred e a Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina (Ocesc). Há, ainda, outros segmentos de crédito e cooperativas de ramos variados, informou Zancanaro.

“Precisamos valorizar isso e difundir que as cooperativas são sociedades de pessoas, que distribuem renda, agregadoras de valores e defensoras especialmente dos pequenos negócios”, concluiu o parlamentar.

Fecoagro