Newsletter
Notícias

UNIPRIME PIONEIRA DO PR: Startup Uniprime premia projetos inovadores

03/12/2019

InovaPrime. Termo formado pelas palavras Inovação e Uniprime. Nome do projeto vencedor da primeira edição do Startup Uniprime, uma ação apresentada a jovens acadêmicos para promover a busca por soluções a desafios da cooperativa. Foi uma jornada de inovação, criatividade e cooperativismo percorridos por cinco times que mergulharam no universo cooperativista e acrescentaram sua energia e ideias disruptivas em prol desse movimento.

O time vencedor apresentou uma plataforma/site para captar e sistematizar as ideias e soluções apresentadas por cooperados e colaboradores. Formado por acadêmicos de diferentes cursos, o grupo surpreendeu os jurados que analisaram o projeto considerando cinco critérios: criatividade, aplicabilidade, sinergia, desempenho no método e apresentação. “São novas perspectivas vindas de cabeças fervilhantes de ideias e ecléticas que contribuíram significativamente para a nossa cooperativa”, avaliou o presidente da Uniprime Pioneira do Paraná, Orley Campagnolo sobre todo o processo.

Para o grupo vencedor, o desafio foi uma oportunidade de aplicar todo o conhecimento adquirido na universidade. “O que aprendemos lá podemos aplicar em ações para a sociedade. Faz parte do nosso compromisso enquanto acadêmicos”, define um dos integrantes do grupo, Thiago Carlos Campos. 

Dividido em três fases, a primeira realizada nos dias 18 e 19 de outubro, a segunda em 08 e 09 de novembro e a terceira nos dias 22 e 23 de novembro, o Startup Uniprime distribuiu R$ 5 mil em premiação aos três melhores times, além da aplicação do projeto vencedor na cooperativa. 

O projeto inédito dentro do Sistema Uniprime, é uma extensão do Programa de Inovação do Cooperativismo Paranaense, que encerrou recentemente e contou com a participação de colaboradores da cooperativa. A proposta uniu a motivação em aplicar metodologias e conceitos que fazem parte da rotina das startups com a busca por soluções à desafios vivenciados na instituição. “É uma dinâmica nova para uma cooperativa que sempre buscou ser um diferencial”, declarou o presidente Orley Campagnolo. 

A metodologia utilizada na ação contou com um mix de técnicas de startups e construção de equipes, sob a orientação do professor Tomás Sparano Martins. “Com base no modelo MVP (projeto/processo minimamente viável) buscamos resultados práticos e criativos para os desafios propostos pela cooperativa”, explicou. 

Assim, cinco times foram formados por acadêmicos de diferentes cursos - engenharias, economia, publicidade, administração, entre outros. Cada um contou com a mentoria de um colaborador da Uniprime e com um desafio a ser trabalhado: prospecção de clientes, captação de ideias, comunicação interna, atendimento prime e pertencimento à cooperativa. 

Na primeira etapa, eles cumpriram com um roteiro que iniciou com a formação e interação dos membros dos times, definição do desafio, brainstorm, avaliação crítica das ideias, busca por outras fontes de inspiração, validação das ideias, prototipagem e apresentação em forma de pitch. 

Ao fim da jornada, os participantes foram avaliados pela banca e os três primeiros colocados acumularam pontuação para a grande final, realizada em novembro. Nela, eles apresentaram o projeto prototipado e melhor estruturado. Todos tiveram a oportunidade de participar do pitch e foram novamente avaliados.

Imprensa Uniprime Pioneira do Paraná