tamanho fonte 12fonte 14fonte 16
Cooperáguia inova e lança Portal do Cooperado
Cooperáguia inova e lança Portal do CooperadoOferecendo mais conforto e credibilidade aos seus cooperados, a Cooperáguia lançou na manhã desta quinta-feira, 21 de março, o Portal do Cooperado. Por meio do portal, os associados poderão ter acesso ao saldo para empréstimo, extrato, simulação para empréstimo, dados da cooperativa, entre outras informações.

Esse foi o lançamento da primeira fase do portal, onde serão entregues as senhas aos cooperados. Facilitar o atendimento, oferecendo  mais autonomia aos cooperados, é um dos principais objetivos do Portal, como destacou o presidente da Cooperáguia, Walace Bacelar da Silva.

“A maior importância no lançamento do Portal do Cooperado é a simplificação no atendimento aos nossos associados, permitindo uma maior interação com a cooperativa. A ideia é que eles tenham acesso livre e não fiquem presos ao horário de atendimento comercial. Com certeza é um grande avanço tecnológico”, enfatizou.

Além de garantir maior agilidade no atendimento, o portal também pode ser acessado em qualquer lugar, permitindo ao cooperado que análise a solicitação de empréstimo junto com a família. Com cerca de 8 mil cooperados, esse é um importante passo para o sucesso ainda maior da cooperativa, como destaca o superintendente do Sistema OCB-Sescoop/ES, Carlos André Santos de Oliveira.

“É como muita satisfação que vemos o lançamento do Portal do Cooperado. Esse é um importante avanço da Cooperáguia que vai facilitar a vida de seus cooperados, tornando-os ainda mais próximos da cooperativa. Acompanhamos todo o crescimento da Cooperáguia e a parabenizamos por mais essa inovação.”

Para um dos sócios fundadores da Cooperáguia e atual presidente da holding Águia Branca, Nilton Carlos Chieppe, a criação do Portal é uma importante inovação da cooperativa. “Esse é um dos mais importantes avanços da nossa cooperativa desde a criação dela. Com o portal, teremos um sistema mais moderno de atendimento ao cooperado, sem que ele precise sair de casa ou do trabalho”, ressaltou. 

Fonte: OCB/ES em 21/03/2013
imprimir mais++ E-mail