tamanho fonte 12fonte 14fonte 16
Conselho Mundial debate cooperativismo de crédito
Conselho Mundial debate cooperativismo de créditoO Conselho Mundial de Cooperativas de Crédito (Woccu, na sigla em inglês) esteve reunido em Bruxelas, até a última sexta-feira (4/04), para definir os novos rumos do setor no mundo.  O presidente do Sicredi, Manfred Alfonso Dasenbrock, e diretor da Woccu da América do Sul, disse que as discussões são importantes para conhecer o trabalho das cooperativas, em especial, na Europa.

Para Manfred, que atualmente preside o Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito (FGcoop), “é uma oportunidade para ampliar o conhecimento sobre os bancos cooperativos que existem no mundo, e dentro de uma realidade nacional, propor  ações de fomento ao cooperativismo”. 

Também foi tratado durante o encontro o acordo Basileia III que faz parte de um conjunto de iniciativas, promovidas pelo Fórum de Estabilidade Financeira (em inglês, Financial Stability Board - FSB) e pelo G20, para reforçar o sistema financeiro após a crise dos subprimes. Os problemas em países como a Ucrânia, Crimeia, Macedônia e Irlanda também estiveram em pauta. 

O Woccu incentiva o aprendizado colaborativo realizado entre as cooperativas de crédito de todo o mundo, ações de intercambio de informações que podem ajudar a eliminar o retrabalho e em conjunto as cooperativas conquistam maior espaço e acesso aos políticos que determinam as regras.

Fonte: Brasil Cooperativo em 08/04/2014
imprimir mais++ E-mail