Newsletter
Notícias

Sistema Ocergs-Sescoop/RS promove Seminário Internacional

17/03/2011

O Sistema Ocergs-Sescoop/RS promoveu, na tarde de ontem (16/03), o Seminário Internacional de Cooperativismo, realizado no Auditório Central do parque da Expodireto Cotrijal. A principal pauta do encontro, integrante da programação oficial da Feira, foram as alianças internacionais do sistema cooperativista. “Este Seminário sinaliza a internacionalização das cooperativas. Temos que sair das fronteiras do Brasil e ir para o mundo”, afirmou o presidente do Sistema Ocergs-Sescoop/RS, Vergilio Perius. 


O evento teve três temas: a parceria do Sistema Sicredi com o Rabobank, o convênio do Sescoop/RS com a DGRV (Confederação das Cooperativas da Alemanha) e o lançamento da campanha publicitária do Sescoop/RS. Os painelistas foram o presidente executivo do Sicredi, Ademar Schardong; o consultor da DGRV, Arno Boerger; e a diretora de contas da Competence, agência responsável pela campanha do Sescoop/RS, Patrícia Carneiro.
Sicredi e Rabobank: parceria para crescer


Em junho de 2010, o Sicredi firmou uma parceria com o Rabo Financial Institutions Development – RD braço de desenvolvimento do grupo holandês Rabobank. A entidade, que atua em 48 países e efetuou o montante de 79 bilhões de dólares em empréstimos internacionais em 2009, tem uma participação de 30% no Banco Cooperativo Sicredi.  


“O Rabobank não participa das cooperativas, centrais e Federação do Sicredi”, salienta o presidente executivo Ademar Schardong. “Ele participa apenas do Banco Cooperativo Sicredi, com 30%. Os 70% restantes ficam com a holding. Com isso, aumentamos o potencial de alavancagem do Sicredi”, explica ele. A parceria foi firmada sem venda de ações. O Rabobank entrou com valor patrimonial e, se um dia a parceria for desfeita, o grupo holandês sairá com o mesmo patrimônio. “Essa estratégia evita a perda de controle por parte do Sicredi”, justifica Schardong.


Segundo o presidente da Central Sicredi Sul Orlando Borges Müller, “O Sicredi trabalha há mais de dez anos para firmar esta parceria, que é de interesse dos associados e do cooperativimo”. Por isso, para Schardong, a profissionalização é o grande desafio do Sicredi atualmente. “Sem ela, não há parceria. É necessário separar o político do estratégico, e isso só é possível com profissionalização”, destacou.
Sescoop/RS e DGRV: qualificar pessoas para qualificar o cooperativismo


Em novembro, o Sescoop/RS e a Confederação das Cooperativas Alemãs (DGRV) assinaram um convênio de cooperação técnica. O acordo permite que alunos da futura Faculdade de Tecnologia do Cooperativismo – Escoop tenham a oportunidade de participar de estágios nas cooperativas da Alemanha. Além da troca de conhecimentos no campo acadêmico, serão realizadas auditorias internas nas cooperativas. Isso significa efetuar uma revisão dos processos internos, analisando negócios e operações. “Vamos aprender com o cooperativismo alemão, nos inspirar em bons modelos e trazê-los para o Brasil”, declarou Perius. 


O consultor da DGRV, Arno Boerger, destaca que o cooperativismo alemão se desenvolveu através da preocupação com um ensino acadêmico de qualidade. “A Alemanha possui sete centrais de cooperativas, cada uma com sua faculdade”, exemplifica Boerger. 


O convênio entre Sescoop/RS e a entidade alemã compreende o intercâmbio de profissionais de cooperativas, professores e alunos da Escoop (Faculdade de Tecnologia do Cooperativismo, em processo de credenciamento junto ao MEC) para a Alemanha e vice-versa; pesquisa aplicada, com orientação de professores de ambas as nacionalidades; estágios em cooperativas do país conveniado – brasileiros na Alemanha e alemães no Brasil; visitas técnicas para dirigentes e associados, com a participação de peritos alemães e técnicos do país europeu; e qualificação de auditores no âmbito da auditoria interna das cooperativas Agropecuárias.


Para o presidente do Sistema Ocergs-Sescoop/RS, Vergilio Perius, o cooperativismo tem como princípio básico a integração e a formação de parcerias como estímulo para o desenvolvimento. Esse movimento deve ocorrer também em escala mundial. “O cooperativismo não pode ter fronteiras. Temos que nos unir com outros países para sermos mais fortes e trocarmos experiências de tecnologia”.  


Cooperativismo: a grande força do Rio Grande


No dia 24 de março, será iniciada a campanha publicitária institucional do Sescoop/RS, executada pela agência Competence, de Porto Alegre. O conceito da campanha é “Cooperativismo: a grande força do Rio Grande” e seu principal objetivo é apresentar, a toda a sociedade, tanto a associados quanto a não associados a cooperativas, os benefícios do cooperativismo, seus números e princípios.


Em breve você poderá acompanhar, em veículos impressos e sonoros, as primeiras peças da campanha.

Assessoria de Imprensa Sistema Ocergs-Sescoop/RS