Newsletter
Notícias

SUÍNOS: Cooperativas investem R$ 105 mi em frigorífico

27/07/2012

Os dirigentes de três cooperativas da região dos Campos Gerais formalizaram uma parceria para a construção de um frigorífico para abate de suínos na cidade de Castro. As cooperativas parceiras são a Capal, de Arapoti, a Castrolanda, de Castro, e a Batavo, de Carambeí. O investimento previsto é de R$ 105 milhões e a estimativa é que serão gerados cerca de 800 empregos diretos na primeira fase. O frigorífico será um dos maiores do país, com capacidade para abater 9,2 mil suínos por dia. A produção será direcionada para os mercados interno e externo.
 
Fomento - O presidente da Capal Cooperativa Agroindustrial, Eric Bosch, destaca que a implantação do frigorífico vai fomentar toda a cadeia produtiva e incentivar a entrada de novos produtores na atividade. ''O consumo de ração deve crescer, a cooperativa vai comprar mais milho de seus associados, garantir um preço mínimo na compra dos suínos e o produtor ainda terá participação nos resultados do empreendimento'', afirma.  Para Bosch, além disso, ''esta é uma ótima oportunidade'' para o produtor diversificar suas atividades.
 
Termo de compromisso - No termo de compromisso assinado entre o prefeito de Castro, Moacyr Elias Fadel Junior, e os dirigentes das cooperativas ficou estabelecido que a prefeitura ficará responsável pelas principais obras de infraestrutura, tais como energia elétrica, água, terraplanagem e pavimentação. A cidade de Castro foi escolhida de maneira estratégica por oferecer as melhores condições em termos de logística, disponibilidade de matéria prima e pela oferta abundante da água necessária no processo industrial. O frigorífico de abate de suínos deve iniciar suas atividades em outubro de 2013. O próximo empreendimento conjunto reunindo as três cooperativas será a implantação de um moinho de trigo.

Sistema Ocepar