Newsletter
Notícias

Profissionais gravam documentário sobre a história do Paraná Cooperativo

14/08/2012

Um documentário foi gravado, na tarde desta segunda-feira (13/08), no auditório da Ocepar, em Curitiba, para resgatar a história do Paraná Cooperativo, criado há 40 anos para dar nome ao primeiro órgão oficial de divulgação do sistema cooperativista paranaense: um jornal mensal publicado pela entidade em 1972, 14 meses depois de sua fundação. Atualmente, todos os meios de comunicação do Sistema recebem essa denominação, como o Informe Diário, a revista mensal, a revista técnica, o portal, além dos programas de rádio e de televisão.


Experiências - O setor de Comunicação da Ocepar convidou os profissionais que trabalharam para produzir o Paraná Cooperativo ao longo de sua trajetória para falar sobre suas experiências. Participaram os jornalistas Antônio de Ramos Cordeiro, mais conhecido como Tonico, Eloy Olinto Setti, Edison Lemos e Giovani Ferreira. O primeiro jornalista responsável, Violar Sarturi, também foi convidado mas não pode comparecer. A conversa foi mediada pelo coordenador da área, Samuel Milléo Filho, que atua no sistema desde 1987. Os depoimentos coletados durante a gravação serão utilizados na elaboração da reportagem especial da edição de agosto da revista Paraná Cooperativo, que vai tratar das quatro décadas de utilização desse nome, mostrando ainda como a mídia cooperativista vem evoluindo no Paraná. No próximo número, também será lançado o novo projeto gráfico da publicação.


Origem – Eloy Setti, que trabalhou na Ocepar de fevereiro de 1985 a junho de 2009, lembrou que o nome Paraná Cooperativo surgiu a partir de um boletim informativo produzido pelo Instituto Nacional de Desenvolvimento Agrário (Inda), em Curitiba, nos anos 70.  Naquele período, a entidade tinha entre as suas atribuições supervisionar e orientar o trabalho das cooperativas e publicava o “Inda Cooperativo”. “O Wilson Thiesen (ex-presidente da Ocepar e atual assessor da diretoria) era estagiário no Inda e ajudava a produzir o boletim. O engenheiro agrônomo do Instituto, Sílvio Galdino, achou que a Ocepar deveria passar a elaborar o informativo e enviar para as cooperativas de todo o Paraná, sugerindo que ele passasse a ser chamado de Paraná Cooperativo”, afirmou.


Publicações - O jornal Paraná Cooperativo, em formato tabloide e com 12 páginas, começou a circular em junho de 1972, em edições mensais e manteve-se assim até meados de 1995, quando a Ocepar decidiu transformá-lo em informativo semanal. Com o advento da internet, passou a ser publicado diariamente e enviado on line para leitores cadastrados. Em 2004, foi lançada a revista Paraná Cooperativo, como relata Setti no livro Ocepar 40 anos. Durante a gravação do documentário, os jornalistas relembraram como a publicação foi evoluindo até chegar aos dias de hoje.


Fonte - Para Giovani Ferreira, atualmente no jornal Gazeta do Povo, a revista Paraná Cooperativo apresenta dados contextualizados, proporcionando uma vida útil maior às informações e tem servido de fonte de consultas às pessoas interessadas em conhecer mais o cooperativismo e o agronegócio. “É muito bacana encontrar exemplares da revista na recepção de várias empresas, como o Ministério da Agricultura, por exemplo”, afirmou. Giovani trabalhou na assessoria de imprensa da Ocepar entre os anos de 2002 e 2005. Ao final do debate, todos concordaram que o Paraná Cooperativo, que hoje dá nome a vários outros veículos de divulgação da Ocepar, tem como desafio continuar se adaptando às novas mídias e às necessidades do seu público-alvo.

Ocepar